4 de jun de 2012

Lindos Chapéus


Esse incrível post será dedicado inteiramente aos chapéus que é pouco utilizado pelo os brasileiros, mas que estão ganhando destaque aos poucos e estão virando uma forte tendência na moda: Os chapéus estão invadindo as passarelas e também não saem do figurino de várias celebridades!

Os chapéus tem um papel muito importante, principalmente em um país quente como o nosso, proteger a pele nunca é demais. Mas eles não são peças exclusivas de verão, no inverno, os chapéus também têm lugar garantido ou mesmo à noite. Tornando-se realmente um acessório, para deixar os looks femininos e masculinos cada vez mais charmosos.


Confira alguns modelos de chapéus que estão super em alta:

Chapéu Floppy


Esse modelo de chapéu setentinha, tem as abas longas e maleáveis e cheio de personalidade. Ele fica bem compondo vários tipos de looks, como o boho- chic. Para o inverno é recomendável o chapéu floppy de feltro, mas para as altas temperaturas do verão o bom mesmo é ir de floppy de palha ou tressê. Esse tipo de chapéu é extremente feminino e descontrído, mas muito elegante.






As mais discretas podem optar por um modelo nude, branco, preto ou pode até cair no feltro, desde que ele tenha a "cara do verão", com cores mais alegres e alguns até estampados.

Chapéu Panamá

O super conhecido Chapéu Panamá é fabricado com a palha da planta Carludovica palmata, encontrada no Equador e em países vizinhos, e tecida em trama fechada. Ele possui cor clara, podendo ter vários formatos e possui uma bela fita em volta da copa.  O modelo agrega um toque masculino ao look, por isso, fica muito legal com oxfords, calça ou shorts boyfriend ou peças de alfaiataria, mas não é obrigatório. 






Os homens:




Esse chapéu recebeu este nome, porque o presidente estadunidense Theodore Roosevelt usou-o durante uma visita ao canal do Panamá, em 1906. Em razão disso,o  chapéu tornou-se moda, principalmente para homens, até a Segunda Guerra Mundial.

Chapéu Fedora

Fedora, também chamado Borsalino, é um tipo de chapéu de feltro, que tem aba média e levemente inclinada.  




Nos Homens:






Fabricado no mesmo formato do chapéu Panamá, ele fez grande sucesso no século XX, a partir dos anos 20, embora diga-se que tenha sido inventado em meados da década anterior.
Para o verão, prefira os modelos de palha e outras fibras leves, que são mais fresquinhos. Ele fica ótimo com jeans skinny, camisas e coletes de alfaiataria.




Chapéu- Coco

O chapéu-coco, também chamados de bowler ou derby. É um chapéu duro, de copa redonda e aba bem curvada dos lados, usado pelos homens no fim do século XIX. Na Inglaterra, após a Primeira Guerra Mundial, passou a ser aceito em ocasiões formais, substituindo a cartola. Feito de feltro de lã ou pêlo, mas encontrados em palha. Era muito popular e, até aos anos 50 e 60, era associado a homens de negócios londrinos.



Nos Homens:


389521_10150458856245660_604620659_10936693_821613817_n_large

É um modelo bem masculino, mas várias mulheres estilosas estão incluindo o chapéu-coco em seus looks. Combinando muito com vestidinhos curtos e soltinhos, saias longas, shortinhos jeans e terninhos.

Chapéu Palheta

O chapéu-palheta, também chamado de chapéu boater. É um tipo de chapéu de palha com textura rígida e reta, foi muito popular nas primeiras décadas do século XX. O seu uso tem origem como acessório em competições de canoagem, durante o século XIX. No alvorecer do XX, já era um modismo popular nos Estados Unidos.




Nos anos 30 o palheta foi largamente usado pelos boêmios do bairro da Lapa, no Rio de Janeiro. A razão era o seu baixo custo somada ao seu formato (que evoca o que é tropical). Com isso, tal chapéu passou a fazer parte da figura do malandro, no imaginário popular brasileiro. Um exemplo é o Zé Carioca (que usa chapéu-palheta), personagem criado por Walt Disney para estereotipar o brasileiro. Talvez foi esse o motivo do palheta ter diminuído a sua popularidade nos anos 40, embora acontecesse o mesmo no exterior.





São perfeitos para criar looks inusitados para os dias quentes de verão!

Chapéu Clochê
Esse lindo chapéu com ares femininos e românticos, fez muito sucesso na década de 20, sendo um acessório chave da época.

Nos dias atuais essa modelagem de chapéu está em alta, podendo compor um visual divertido e antenado. 
Nos dias quentes de verão pode-se optar pelo clochê confeccionado com materiais leves, como a palha e para os dias invernais pode-se optar por um chapéu de feltro.



O clochê fica mais harmonioso quando fica combinado com peças femininas, como saias, sapatilhas, vestidos, pérolas, etc.

Chapéu De Cowboy

O chapéu de “Cowboy” têm uma depressão no centro da copa (que é mais alta) e abas largas, necessariamente curvadas nas laterais (característica marcante do modelo). 


Com materiais mais leves com a  cara do verão.


Eles não precisam ser excluídos do verão, ainda mais quando confeccionados em materiais e estilos que combinam com a estação (e tiram um pouco daquela “cara country” do item).






 O interessante é criar justamente um look inesperado com eles, que fuja do clichê rodeio/festa junina.

Gostou? Comente!

Nenhum comentário:

Postar um comentário